Os bois de Gerião

Gerião

Gerião

Gerião, neto de Medusa, era um gigante monstruoso de três cabeças, que se localizavam num corpo tríplice, até os quadris, com seis braços e seis asas.  

Seu imenso rebanho de bois vermelhos era guardado pelo pastor Eurítion e pelo monstruoso cão Ortro, de duas cabeças.

Por ordem de Euristeu, Hércules deveria se apossar do rebanho do gigante e trazê-lo até Micenas.

A primeira dificuldade era atravessar o oceano. Para isso tomou por empréstimo uma taça gigantesca, em que Hélio, o sol, todos os dias, à noitinha, após mergulhar nas entranhas do oceano, regressava a seu palácio.

A cessão da taça por parte de Hélio não foi, entretanto, espontânea. O herói já caminhava, havia longo tempo, pelo extenso deserto da Líbia, e os raios do sol eram tão quentes e o calor tão violento, que Hércules ameaçou varar o astro com suas flechas. Hélio, aterrorizado, emprestou-lhe sua taça.

Chegando à ilha de Eritia, defrontou-se com o cão Ortro, que foi morto a golpes de clava.

Em seguida, foi a vez do pastor Eurítion.

Gerião, posto a par do acontecimento, entrou em luta com o herói, mas foi liquidado a flechadas.

Terminadas as justas, embarcou o rebanho na taça do sol, e reiniciou a longa e penosa viagem de volta.

Para lembrar sua passagem, ergueu duas colunas, separando a Líbia da Europa, as chamadas Colunas de Hércules, isto é, o Rochedo de Gibraltar e o de Celta.

Finalmente, o herói, com todas as cabeças de gado, encaminhou-se para a Grécia. 

Mas ao tocar a margem helênica do Mar Jônio, o rebanho inteiro foi atacado por moscardos, enviados por Hera. Enlouquecidos, os animais se dispersaram pelos contrafortes das montanhas da Trácia. O herói os perseguiu e cercou por todos os lados, mas só conseguiu reunir uma parte. O rio Estrímon, que, por todos os meios, procurara dificultar essa penosa caçada ao rebanho disperso, foi amaldiçoado e é por isso que seu leito está coberto de rochedos, tornando-o impraticável à navegação.

Ao termo dessa acidentada peregrinação iniciática, o infatigável filho de Alcmena entregou ao rei de Micenas o que sobrara do rebanho, que foi sacrificado a Hera.

Um pensamento sobre “Os bois de Gerião

  1. Dina disse:

    Correção

    As colunas de Hercules ou de “Gilbartar “se encontram até hoje, estão em fazem frente extremidade de “Espanha “ e do outro lado do Mediteraneo, na parte mais estreita fica em Marrocos “Critios”. Hercules passou lá aos Jardins des Hesperides ao encontro de Atlas. Alias ali existem as montanhas de Atlas fronteira ao Atlantico.

    Hoje Gilbartar é um pequeno pais independente. Chamado o estreito de Gilbartar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s