O javali de Erimanto

heracles08Erimanto é uma escura montanha da Arcádia, onde se escondia um monstruoso javali, que Héracles deveria trazer vivo ao rei de Argos.

Com gritos poderosos, o herói fê-lo sair do covil e, atraindo a besta-fera para uma caverna coberta de neve, o fatigou até que lhe foi possível segurá-lo pelo dorso e conduzi-lo.

Ao ver o monstro, Euristeu, apavorado, escondeu-se num jarro de bronze.

As presas do animal foram mostradas no templo de Apolo em Cumas.

O simbolismo do Javali está diretamente relacionado com a tradição hiperbórea, com aquele nostálgico paraíso perdido, onde se localizaria a Ilha dos Bem-Aventurados. O javali configuraria o poder espiritual, em contraposição ao poder temporal. Assim concebida, a simbólica do javali estaria relacionada com o retiro solitário do druida nas florestas: nutre-se do carvalho, árvore sagrada, e sua fêmea, com seus nove filhotes, escava a terra em torno da macieira, a árvore da imortalidade.

Hercules apoderando-se do símbolo do poder espiritual, escala mais um degrau no rito iniciático.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s